Critérios para Cirurgia de Obesidade

Cirurgia da Obesidade - Brasília-DF

Critérios para Cirurgia de Obesidade

E-mail Imprimir


As cirurgias bariátricas, independentemente da técnica a ser utilizada, estão indicadas nas situações abaixo relacionadas:


Em relação à massa corpórea:

IMC > 40, independentemente da presença de comorbidezes.
IMC entre 35 e 40 na presença de comorbidez.
IMC entre 30 e 35 na presença de comorbidez que tenham obrigatoriamente a classificação “grave” por um médico especialista na respectiva área da doença. Também obrigatória à constatação de “intratabilidade clínica da obesidade” por um(a) Endocrinologista. Recomendação: a equipe cirúrgica e a instituição hospitalar envolvida devem manter registro de “indicação especial por comorbidez grave” nestes casos, anexando documento emitido por especialista na área respectiva da doença (cópia no prontuário médico e com o cirurgião).


Em relação à idade:


Abaixo de 16 anos: não há estudos suficientes que corroborem esta indicação, com exceção aos casos de Prader-Wille ou outras síndromes genéticas similares, onde devem ser operados com o consentimento da família disposta ao acompanhamento de longo prazo do paciente. Por outro lado, não há dados seguros também que contra-indiquem os procedimentos ou comprovem haver prejuízos aos pacientes submetidos a cirurgias da obesidade nesta faixa etária. Recomendação: avaliação de riscos pelo cirurgião e respectiva equipe multidisciplinar, registro e documentação detalhada, aprovação expressa dos pais ou responsáveis.
Entre 16 a 18 anos: sempre que houver indicação e consenso entre a família e equipe multidisciplinar.
Entre 18 e 65 anos: sem restrições quanto à idade.
Acima de 65 anos: avaliação individual pela equipe multidisciplinar, considerando risco cirúrgico, presença de comorbidezes, expectativa de vida, benefícios do emagrecimento. Não há contra-indicação formal em relação a essa faixa etária isoladamente.


Em relação ao tempo da doença:


Apresentar IMC e comorbidezes em faixa de risco há pelo menos 2 anos e ter realizado tratamentos convencionais prévios e ter tido insucesso ou recidiva do peso, através de dados colhidos na história clínica. Essa exigência não se aplica: Em casos de pacientes com IMC maior que 50 e para pacientes com IMC entre 35 a 50 com doenças de evolução progressiva ou risco elevado.



Condições Adversas



As situações abaixo configuram condições adversas à realização dos atuais procedimentos cirúrgicos para controle da obesidade:

  • Risco anestésico classificado como ASA IV.
  • Hipertensao portal com varizes esofagogástricas.
  • Limitaçao intelectual significativa em pacientes sem suporte familiar adequado.
  • Quadro de transtorno psiquiátrico atual nao controlado, incluindo-se uso de álcool ou drogas ilícitas.

Observação: Quadros psiquiátricos graves, porém sob controle, não contra-indicam os procedimentos.

 

IMC

Desculbra o seu IMC
Peso: kg
Altura: m cm
Tabela de consulta do IMC